SÍNDROME DE BOURNOUT EM ESTUDANTES DE MEDICINA E SEUS EFEITOS NA ANSIEDADE, DEPRESSAO E USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS

  • Maria Eduarda Videira Macedo da Costa Lopes Faculdade de Medicina de Campos

Resumo

Resumo 

Introdução: Estresse, frustrações, cansaço, elevadas cargas de estudo, lidar com o sofrimento alheio, exposição a óbitos são situações comuns na vida do estudante de medicina e podem acarretar na Síndrome de Burnout. A SB é uma doença que vêm atingindo cada vez mais pessoas no seu ambiente de trabalho e também nas universidades. Há um esgotamento devido a uma pressão emocional à qual as pessoas são submetidas no seu lugar de trabalho e estudo2. Junto com a alegria de estar aprendendo a curar vem a luta para pagar as altas mensalidades do curso particular; a mudança de cidade, para alguns; a adaptação na nova rotina; o surgimento de novas amizades. Objetivos: Investigar da prevalência o rastreio de Burnout e sua associação ao uso de drogas psicoativas na Faculdade de Medicina de Campos. Métodos: Um estudo transversal, comparativo, qualitativo, quantitativo com amostragem por conglomerado baseado em coleta de dados por meio de questionários e com base em dados da internet e artigos científicos. Discussão: A meta desse estudo é reconhecer se os estudantes sofrem de Burnout, se usam ou não substâncias psicoativas, e quais são as substâncias psicoativas mais utilizadas. O desfechos do projeto poderá atender como subsídio para ações intervencionistas de autoridades responsáveis. 

 

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-10-31
Como Citar
LopesM. E. V. (2021). SÍNDROME DE BOURNOUT EM ESTUDANTES DE MEDICINA E SEUS EFEITOS NA ANSIEDADE, DEPRESSAO E USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/532
Seção
Articles