O MARKETING E A SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO ELEITORAL: UMA DISCUSSÃO ACERCA DAS ELEIÇÕES DE 2018

  • Leticia Pedrosa Figueiredo UniRedentor

Resumo

O marketing político tem papel fundamental no processo eleitoral, principalmente em relação as mídias sociais digitais, nova ferramenta usada para propagar ideias, com linguagem menos arrojada e com o intuito de criar engajamento e transformar isso em votos válidos na urnas eletrônicas, além de conseguir mostrar acessibilidade e mais humanidade nessas redes, pela facilidade e proximidade com os eleitores. Desta forma, este artigo se utilizará de uma revisão bibliográfica com o uso de teses, dissertações, monografias, artigos científicos, considerando as publicações online, em língua portuguesa e que atendesse de maneira geral as questões norteadoras, do período de 2002 a 2020, para discutir como o marketing político, aplicado as mídias sociais digitais têm tido um papel importante no processo decisório nas urnas eleitorais e como em 2018, no Brasil, ficou evidente o uso dessas redes, principalmente o Facebook. O fato é que, conforme mostra um estudo de Lima; Volpatti (2018) publicado pela Levels – Inteligência em Relações Governamentais, o Facebook é a plataforma com o maior número de usuários para criação de conteúdos políticos e através dessa plataforma foi possível se alcançar a cadeira do Executivo, como foi o caso de Bolsonaro e as cadeiras do legislativo com uma renovação histórica de seus integrantes e um alto índice de rejeição aos candidatos à reeleição.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
FigueiredoL. (2021). O MARKETING E A SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO ELEITORAL: UMA DISCUSSÃO ACERCA DAS ELEIÇÕES DE 2018. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/596
Seção
Articles