A CONTEXTUALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO BRASIL: DO ASSISTENCIALISMO AO RECONHECIMENTO COMO POLÍTICA PÚBLICA E A INFLUÊNCIA DA LÓGICA NEOLIBERAL

  • Amanda Magalhães Pessanha Araújo Faculdade Redentor
  • Warllon de Souza Barcellos

Resumo

O presente artigo aborda de forma a evidenciar um resgate histórico referente a Política de Assistência Social no Brasil, destacando no primeiro momento, a sua gênese de viés caritativo desde a década de trinta e seguindo salientando algumas mudanças que a Assistência sofre em consonância com o surgimento do Serviço Social no país. Até que chega a considerada década mais importante na história da Assistência no Brasil, funcionando como um divisor de águas, saindo do assistencialismo e sendo garantida como direito a quem necessita. Nos anos oitenta ocorre uma importante transformação, que é a garantia da mesma como Política parte do tripé da Seguridade Social. E para fim de ressaltar a influência do modelo neoliberal dentro dessa Política, será apresentado a intenção dessa lógica no desmonte dos direitos sociais no Brasil.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
AraújoA., & BarcellosW. (2021). A CONTEXTUALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO BRASIL: DO ASSISTENCIALISMO AO RECONHECIMENTO COMO POLÍTICA PÚBLICA E A INFLUÊNCIA DA LÓGICA NEOLIBERAL. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/616
Seção
Articles