Avaliação da icterícia em recém-nascidos afrodescendentes pelo método do zoneamento de Kramer e bilirrubinômetro

  • Adna Maria Raposo, Discente Enfermagem UniRedentor Aya Centro Universitário UniRedentor, Curso de Enfermagem, Campos dos Goytacazes - RJ
  • Shirley Rangel Gomes, Docente Enfermagem UniRedentor Afya, Enf Centro Universitário UniRedentor, Curso de Enfermagem, Campos dos Goytacazes - RJ
  • Clara dos Reis Nunes, Docente Enfermagem UniRedentor Afya, Bió Centro Universitário UniRedentor, Curso de Enfermagem, Campos dos Goytacazes - RJ

Resumo

RESUMO
A icterícia é um problema comum encontrado nas Unidades Perinatais. Muito embora seja na maioria das vezes benigna, se não identificada precocemente pode evoluir para encefalopatia bilirrubínica aguda ou Kernicterus. Objetivo: avaliar a icterícia, por meios não invasivos e que mostrem resultados seguros em recém-nascidos afrodescendentes. Metodologia: revisão sistemática, qualitativa e analítica, baseada em pesquisa exploratória, com recorte temporal entre 2010 a 2019, disponível nas bases de dados científicos. Resultados: os resultados comprovam que o método de Kramer se torna inconclusivo pela influência do ambiente e pigmentação da pele. Com o uso de bilirrubinômetros, alguns autores afirmam que a correlação entre bilirrubina transcutânea e plasmática não apresentam diferença, outros confirmam que na população negra a bilirrubina transcutânea é maior que a plasmática. Considerações: observa-se que não há muitos estudos relacionados a avaliação da icterícia por meios não invasivos em neonatos afrodescendentes. Apesar da avaliação por inspeção visual e transcutânea serem métodos de resultados instantâneos, indolores e sem risco para infecções, há uma grande necessidade de mais pesquisas e treinamento dos profissionais de saúde para melhor atender essa população.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
RaposoA., GomesS., & NunesC. (2021). Avaliação da icterícia em recém-nascidos afrodescendentes pelo método do zoneamento de Kramer e bilirrubinômetro. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/658
Seção
Articles