ATUAÇÃO DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA DO PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA DE REVASCULARIZAÇÃO MIOCÁRDICA

  • lucas silveira nolasco UNIREDENTOR

Resumo

Introdução: A Cirurgia de Revascularização do Miocárdio, geralmente é indicada com a extensão da doença coronariana, e traz inúmeras intercorrências durante o pós-operatório pela complexidade da cirurgia e dos riscos associado ao perfil clínico de cada paciente. Objetivo: Apresentar quais são as principais complicações no Pós-Operatório da Cirurgia de Revascularização do Miocárdio e os cuidados de enfermagem. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, com a busca de artigos publicados entre 2015 até o ano atual. O levantamento dos artigos foi realizado nas bases de dados SCIELO e LILACS. Resultados: São várias as complicações no pós-operatório de Revascularização do Miocárdio, correlacionando a presença de fatores de risco, uso da perfusão extracorpórea e tempo de permanência na Unidade de Terapia Intensivo para o desenvolvimento de inúmeros distúrbios. Entre eles destaca-se as principais alterações no sistema cardiovascular, respiratório, renal, entre outros. E também, evidencia-se a importância da assistência de enfermagem no o cuidado e recuperação do paciente. Conclusão: Mostra-se que as complicações com mais prevalência no período pós-operatório são as cardíacas, com maior risco de óbito associados a pacientes com quadros hipertensivos e sedentarismo; como indica que o da circulação extracorpórea traz prejuízos aos pacientes senão avaliado de modo complexo.  No âmbito assistencial, vê-se a importância da Sistematização da Assistência de Enfermagem Perioperatória para a prevenção de complicações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
nolasco lucas. (2021). ATUAÇÃO DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA DO PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA DE REVASCULARIZAÇÃO MIOCÁRDICA. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/680
Seção
Articles