A Intervenção da Fisioterapia na Paralisia Cerebral

Revisão Bibliográfica

  • Lara Pereira Santos Rozana Alves Pereira

Resumo

A Paralisia Cerebral (PC) também conhecida como Encefalopatia Crônica não Progressiva da Infância, é uma disfunção neurológica ocasionada por algum dano no Sistema Nervoso Central (SNC) em processo de maturação e desenvolvimento, gerando comprometimento encefálico no período pré, peri ou pós-natal. A Encefalopatia Crônica não Progressiva da Infância acarreta algumas sequelas decorrentes da lesão a nível central, dentre elas, pode-se citar: o déficit motor associado às alterações sensoriais, como hipotonia e hipertonia. Objetivo: Analisar a atuação da fisioterapia no tratamento de crianças portadoras de Paralisia Cerebral. Método: A presente pesquisa trata-se de uma revisão bibliográfica relacionada a intervenção da fisioterapia na Paralisia Cerebral, onde foram realizadas buscas nas bases de dados: Scielo e Lilacs, publicados em português e inglês, entre os anos de 2010 e 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
SantosL. (2021). A Intervenção da Fisioterapia na Paralisia Cerebral. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/713
Seção
Articles