PATRIMÔNIO CULTURAL MATERIAL REMANESCENTE DA ANTIGA CASA SEDE DA FAZENDA LARANJEIRAS, NO DISTRITO DE LARANJAIS – ITAOCARA /RJ.

  • Walter Gualberto Martins -
  • Ana Beatriz da Silveira Sampaio
  • Jessica Matos Frias
  • Franklim Gualberto Barbosa

Resumo

A fazenda Laranjeiras, formada a partir da doação de sesmaria a Antônio Clemente Pinto, é o embrião de Laranjais, segundo distrito de Itaocara, no noroeste fluminense. Em sua casa sede, com provável data de construção em 1851, foi oferecido um almoço a comitiva imperial composta por, entre outros, Dom Pedro II e Dona Tereza Cristina, em 1878, quando a fazenda ainda pertencia a Cantagalo. Esquecida no tempo e sujeita à ação de intempéries e domínio da natureza se encontra em ruína sem que se tenha registrado seu valor cultural e histórico para o distrito e o município, a ponto da população local desconhecer sua existência e sua importância. Não foram encontrados, sequer, registros fotográficos da mesma. Desta forma, essa pesquisa objetivou identificar elementos que possam contribuir para preservação e valorização da memória histórica da construção, buscando reconhecer seu conjunto arquitetônico, através de sua historiografia e de elementos ainda existentes. Como resultados foram encontrados componentes das fachadas que ainda são capazes de demonstrar a riqueza e imponência que um dia representou aos que podiam contemplá-la e, também vestígios do antigo terreiro de café que compunha o conjunto de benfeitorias da fazenda constantes no inventário de seu primeiro dono, em 1873. Além disso, foi possível identificar características comuns a outras duas fazendas do Barão de Nova Friburgo – Água Quente e Areias – próximas a Laranjeiras. Areias foi projetada pelo engenheiro holandês Jacob Van Erven, que era sócio proprietário em muitas fazendas com o barão, inclusive estas. Desta forma, levanta-se a possibilidade do mesmo ser autor do projeto das três sedes e, torna-se necessário um estudo mais aprofundado sobre o assunto. As ruínas estudadas representam os últimos vestígios de uma construção no município de Itaocara onde o Imperador visitou, pois a outra construção – fazenda Serra Vermelha - já foi demolida. E, por fim, fica evidente a necessidade de uma atenção voltada para a limpeza, reparo e manutenção das ruínas para que o pouco que ainda resta não seja perdido e completamente apagada a forma física do nascimento de Laranjais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-12
Como Citar
MartinsW., SampaioA. B., FriasJ., & BarbosaF. (2021). PATRIMÔNIO CULTURAL MATERIAL REMANESCENTE DA ANTIGA CASA SEDE DA FAZENDA LARANJEIRAS, NO DISTRITO DE LARANJAIS – ITAOCARA /RJ. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 6(3). Recuperado de http://reinpeconline.com.br/index.php/reinpec/article/view/725
Seção
Articles